:: Notícias no Email ::

4 de ago de 2011

Xororó se revolta com imprensa e diz que frase de Sandy foi desfocada


RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER*)  - A entrevista de Sandy à Revista Playboy ainda continua rendendo. Agora, o pai da cantora, Xororó, se manifestou sobre o episódio.
O cantor sertanejo disse na gravação do DVD  de 40 anos de carreira da dupla Chitãozinho & Xororó, realizada na noite de segunda-feira em São Paulo, que não gostou da repercussão da entrevista dada pela filha à revista masculina.
Na entrevista, que será publicada ainda este mês, na edição de aniversário da revista, Sandy, 28, declarou que "é possível ter prazer anal".
"Que pai que gosta de ler aquilo? Fiquei triste com a maneira como [a frase] foi colocada. Estou há dois meses focado no DVD, não tive tempo de acompanhar. Mas conheço minha filha e sei o que ela falou", afirmou o cantor. A informação sobre o descontentamento de Xororó foi publicada nesta quarta-feira na coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.
Pablo Miyazawa, editor-chefe da revista Rolling Stone, chegou a dizer ao Portal Imprensa que qualquer declaração pode ser tirada de contexto e virar um grande estardalhaço", explica.
Miyazawa diz ainda que existe uma constante preocupação da fonte em se esconder e que o medo não é à toa. "Não é o processo de entrevista que é problemático, mas o modo como hoje em dia qualquer coisa se torna notícia. E o grande problema é a falta de contexto em que as informações são divulgadas".
Sobre a repercussão que tomou as declarações de Sandy à Playboy, o jornalista finaliza. "Sem redes sociais, a história da Sandy não teria tanto barulho". (*com informações da Folha e do Portal Imprensa)

Nenhum comentário: